Primeiramente, ao obter a primeira habilitação, é possível ter apenas as categorias A e B, porém pode-se realizar a mudança de categoria CNH.

Pois, no processo de habilitação de condutores, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), existem categorias, variando de A até E.

Dessa forma, possibilitam a veiculação de condutores em diferentes tipos de veículo de acordo com as categorias.

Normalmente, as categorias mais solicitadas são A e a B, nas quais se referem respectivamente às categorias de veículos motorizados.

Portanto, a categoria A, são veículos de duas ou três rodas, como as motocicletas.

A categoria B, trata-se dos veículos motorizados de quatro rodas, com até oito lugares, do motorista, como carros de passeio e caminhonetes.

Neste artigo, vamos destacar o que é o processo de mudança de tipo de CNH e o que é necessário para realizá-la. Acompanhe!

Conheça tudo sobre o Seguro DPVAT!

Mudança de categoria CNH

A fim de transitar em conformidade com as leis e regulamentos de trânsito, os condutores de veículo devem solicitar a mudança de categoria CNH. Pois, se desejarem conduzir um veículo no qual está fora da categoria da sua CNH, é preciso realizar a mudança. Sendo assim, se uma pessoa possui a CNH na categoria A ou B (motocicletas e carros de passeio) quer conduzir um ônibus, deve solicitar a mudança de CNH. Dessa forma, podendo conduzir o veículo dentro das normas e leis.

Sendo assim, de modo a solicitar a mudança, o motorista deve ter sua habilitação atualizada e regular. Ainda, de acordo com o Detran RJ, o motorista não pode ter infrações graves, gravíssimas ou ser reincidente em infrações médias pelo período de 12 meses. Vamos conferir agora quais os requisitos de cada tipo de CNH a fim de realizar essa mudança!

mudança de categoria cnh

Quais são os requisitos por categoria?

Além dos requisitos básicos citados anteriormente, a mudança de categoria CNH, apresenta alguns requisitos específicos de cada tipo de CNH. Portanto, é importante ficar atento ao tipo de CNH na qual você pretende fazer a mudança. Veja as categorias!

  • De “B” para “C” (tratores, máquinas agrícolas e veículos de carga): o condutor deve estar habilitado na categoria B por pelo menos um ano;
  • De “B” para “D” (vans, micro-ônibus e ônibus): o condutor deve estar habilitado na categoria B por pelo menos dois anos e ser maior de 21 anos;
  • Realizar a mudança da categoria “B” para “E”: neste caso, a mudança não é permitida;
  • Da categoria “C” para “D”: o condutor deve estar habilitado na categoria C há pelo menos um ano e ser maior de 21 anos;
  • Da categoria “C” para “E” (trailers e ônibus articulados): o condutor deve estar habilitado na categoria C há pelo menos um ano e ser maior de 21 anos.

Além disso, o motorista no qual queira conduzir veículos de transporte escolar, coletivo, de emergência ou de produto perigoso, deve ser maior de 21 anos.

Quais os documentos solicitados?

Os documentos exigidos no processo de mudança de CNH, são:

  • Documento de identificação original;
  • CNH original;
  • Comprovante de residência (original e cópia);
  • Comprovante de pagamento de taxas relativas à mudança de categoria CNH.

Quais os exames necessários?

Assim como no processo de tirar a primeira habilitação é necessário fazer alguns exames. Portanto, existem alguns exames a serem feitos, é preciso realizar os seguintes exames:

  • Médico;
  • Psicológico (caso queira exercer atividade remunerada);
  • De direção;
  • Toxicológico, nas categorias “C”, “D” e “E”
  • Prova de atualização, caso seja necessário.

Quais as taxas de serviço e de reexame?

De modo a fazer a mudança de categoria CNH, existe também uma taxa de serviço a ser paga, assim como uma taxa de reexame, caso seja necessário. Neste artigo destacamos os valores relativos ao Detran RJ, sendo elas:

  • Taxa de serviço: R$150,34;
  • Taxa de reexame: R$112,38.

Como solicitar a mudança de categoria CNH?

De acordo com o Detran RJ, a fim de solicitar a mudança de categoria CNH, é preciso:

    1. Pagar a taxa de serviço;
  1. Agendar um horário em uma unidade do Detran RJ e entregar a documentação solicitada;
  2. O condutor será informado sobre a clínica selecionada eletronicamente através do sistema informatizado de modo a realizar os exames solicitados;
  3. Pagar a taxa do exame médico na clínica;
  4. O condutor deverá fazer aulas práticas em uma autoescola e agendar uma prova prática no Detran RJ.

Gostou desse conteúdo? Fique por dentro de mais assuntos como este acessando nosso site e se informe sobre o contexto do trânsito e confira nossas novidades!

Como solicitar a segunda via CNH?