Ao adquirir um automotor, os proprietários precisam assumir compromissos anuais obrigatórios e um deles é o CRLV.

Sobretudo, taxas, encargos e tributos devem ser pagos garantindo o veículo estar em conformidade com as leis de trânsito do Brasil.

Dentre elas, existe o IPVA, o Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores e o Seguro DPVAT.

Vamos abordar neste artigo tudo sobre o CRLV, destacando informações sobre o documento e se é possível solicitá-lo.

Simulado Detran RJ – Legislação de Trânsito

O que é o CRLV?

crlv

O CRLV deve ser emitido após o pagamento da taxa de Licenciamento. Este é de porte obrigatório aos condutores de veículos automotores em todo o território nacional e é uma taxa paga anualmente. O objetivo dele é assegurar um veículo de estar apto de circular em vias públicas de todo o país, pelo período de um ano, necessitando, portanto, ser licenciado novamente no ano seguinte. O órgão responsável pela fiscalização e emissão do CRLV é do DETRAN. Entretanto, não portar o CRLV, poderá acarretar em algumas penalidades ao condutor, como a aplicação de multa e perda de pontos na carteira nacional de habilitação.

Qual a documentação necessária na solicitação?

Conforme as informações do DETRAN RJ, os documentos requisitados na emissão do CRLV são:

  • Original do último CRLV ou do CRV;
  • Carros movidos a gás natural (GNV), apresentar o CSV (Certificado de Segurança Veicular);
  • Via original do documento de identificação de quem está retirando.

Quais são as taxas de serviço?

Ao solicitar a emissão, é preciso o condutor ter feito o licenciamento do automóvel. Ou seja, estar com a Guia de Recolhimento de Taxas quitada, também, o pagamento do seguro obrigatório DPVAT atualizado. O licenciamento não pode ser feito se houver pendências financeiras, como multas não pagas. Além disso, anualmente, os DETRANs de cada estado estabelecem as datas de vencimento conforme o número final da placa dos veículos automotores e o valor da taxa daquele ano, podendo variar de estado para estado.

CRLV-e e a impressão em casa

A emissão sempre foi um processo bastante burocrático. Hoje, esse processo se tornou muito mais funcional, com a adoção do CRLV-e. O CRLV-e é uma tecnologia de acesso do cidadão ao CRLV de maneira online e digital e está em vigor no ano de 2020. Através do aplicado Carteira Digital de Trânsito, os cidadãos têm acesso ao CRLV-e e podem utilizar o modelo digital. Contudo, este acesso precisa ser garantido pelo DETRAN, primeiramente.

Apesar de ser uma alternativa mais acessível na garantia de ter em mãos o CRLV, ainda é necessário realizar os procedimentos citados anteriormente. Ou seja, os pagamentos de taxas, multas em aberto e outras pendências financeiras. Outro elemento interessante nessa nova forma de emissão, é de os condutores poderem imprimir o documento em casa, facilitando ainda mais o acesso.

O documento terá a mesma validade jurídica ao trafegar em vias públicas do país, sendo impresso em casa ou não, e a leitura é feita através de um QR Code impresso. Essa funcionalidade garantem a otimização dos processos burocráticos de emissão do CRLV e é uma medida muito interessante, principalmente diante da necessidade de mudanças nas formas de atendimento ao público, proporcionadas pela crise sanitária mundial atual.

Neste artigo, você conferiu tudo sobre quais são os documentos necessários e quais são as taxas de serviço da solicitação. Assim como, as novas modalidades de emissão, feitas de maneira digital acessando o aplicativo Carteira Digital de Trânsito, ou impressa em casa, pelo próprio condutor do veículo. Se você gostou deste artigo, continue acompanhando nossa plataforma e tenha acesso a mais conteúdos.

Simulado Detran RJ – Placas de sinalização de obras